quinta-feira, março 01, 2007

Mostra "Cinco Visões de Nosso Cinema"


O mês de março será objeto de uma
série de palestras e exibições de clássicos do cinema brasileiro na Biblioteca Municipal Prefeito Prestes Maia, em São Paulo. Todos os sábados, entrada gratuita, às 13 horas, a Mostra "Cinco Visões de Nosso Cinema" promete uma celebração de momentos inesquecíveis do cinema nacional, em cópias 16 milímetros.

Para isto, os organizadores Sergio Luiz de Andrade e Vinícius Del Fiol realizaram um esforço de fôlego, selecionando 5 filmes interessantíssimos -- para se dizer o mínimo -- e reunindo uma equipe de debatedores apaixonados.

Além do próprio Vinícius, participam também o querido Marcelo Carrard -- editor do "Mondo Paura", uma das instituições da internet nacional --; Matheus Trunk -- editor da Zingu!, revista eletrônica de primeira --; Mauro Alice -- profissional mítico do nosso cinema -- e Alfredo Sternheim -- um dos maiores diretores do país.

Recebi o convite para debater "Palácio dos Anjos" com grande entusiasmo. Não apenas pelo fato de ser um dos meus filmes favoritos de Walter Hugo Khouri, mas também por poder contar ao meu lado com o amigo Eduardo Aguilar, cineasta e khouriano de mão cheia.


Quem puder, apareça por lá! Vamos conversar, debater e principalmente ter o encantamento de assistir aos filmes, entendendo melhor nosso passado, para cogitarmos do nosso futuro. A programação segue abaixo. Um grande abraço a todos!

Mostra "Cinco Visões de Nosso Cinema"
Local: Biblioteca Municipal Prefeito Prestes Maia

Av. João Dias, 822 - Santo Amaro
Tel.: 5687-0513

Lotação: 150 lugares



Dia 03/03 – 13:00 hs.

O Cangaceiro (idem, BRA, 1953)
Palestra de Vinícius Del Fiol
Direção: Lima Barreto
Roteiro: Lima Barreto e Rachel de Queiroz
Elenco: Alberto Ruschel, Marisa Prado, Milton Ribeiro, Vanja Orico, Adoniran Barbosa.

Duração: 95 min; Preto e Branco; Censura livre; Aventura.

Trama resumida: Na região do Nordeste Brasileiro um bando de cangaceiros apavora as pequenas cidades saqueando e matando moradores. Num destes ataques eles seqüestram uma jovem professora, Olívia. Teodoro, um dos integrantes do grupo se apaixona pela moça e a ajuda a fugir. Na fuga eles são perseguidos pelo bando de Galdino.



Dia 10/03 – 13:00 hs.

Palácio dos anjos (idem, BRA, 1970)
Palestra de Andréa Ormond e Eduardo Aguilar.
Direção: Walter Hugo Khouri
Roteiro: Walter Hugo Khouri
Elenco: Norma Bengell, Joana Fomm, Adriana Prieto, Rossana Ghessa, John Herbert, Geneviève Grad.

Duração: 96 min; Colorido; Censura16; Drama.

Trama resumida: Barbara, uma mulher francesa vivendo em São Paulo, juntamente com mais duas outras amigas decide transformar um elegante apartamento em um bordel de luxo. O “palácio dos anjos” é um sucesso entre os homens ricos porém, crises de consciência e outros problemas existenciais abalam as moças.



Dia 17/03 – 13:00 hs.

Ato de violência (idem, BRA, 1980)
Palestra de Marcelo Carrard.
Direção: Eduardo Escorel
Roteiro: Eduardo Escorel e Roberto Machado
Elenco: Nuno Leal Maia, Selma Egrei, Renato Consorte, Ruthinéa de Moraes, Miriam Mehler

Duração: 112 min; Colorido; Censura 12; Policial.

Trama resumida: Após ter assassinado uma mulher, Antônio Nunes é sentenciado à trinta anos de prisão, e por ter cortado a vítima em pedaços ficou conhecido como “picadinho”. Na cadeia ele recebe freqüentes visitas da atormentada Tânia, que acaba contratando um advogado para Antônio. E graças ao advogado ele sai da cadeia em condicional, e volta a matar. O filme foi inspirado no caso real de “Chico picadinho”.



Dia 24/03 – 13:00 hs.

A baronesa transviada (idem, BRA, 1957)
Palestra de Matheus Trunk, com a presença do montador do filme Mauro Alice
Direção: Watson Macedo
Roteiro: Watson Macedo e Chico Anysio
Elenco: Dercy Gonçalves, Grande Otelo, Humberto Catalano, Renato Consorte, Rosa Sandrini.

Duração: 110 min; Preto e branco; Censura livre; Drama.

Trama resumida: Gonçalina é uma simplória manicure que sonha em entrar para o cinema porém, suas tentativas são todas frustradas. Um dia ela fica sabendo, através de uma notícia de jornal, que uma rica baronesa está morrendo. Todos os amigos de Gonçalina acham que ela pode passar por herdeira devido a semelhança entre ela e a baronesa. Ao herdar a fortuna Gonçalina resolve realizar seu sonho e produzir um filme. No entanto, produtores inescrupulosos e a família maldosa de Gonçalina vão tentar enganá-la.



Dia 31/03 – 13:00 hs.

O Anjo loiro (idem, BRA, 1973)
Palestra de Matheus Trunk, com a presença do diretor Alfredo Sternheim.
Direção: Alfredo Sternheim
Roteiro: Juan Siringo baseado no romance de Heinrich Mann
Elenco: Vera Fischer, Mário Benvenutti, Célia Helena, Ewerton de Castro, Nuno Leal Maia.

Duração: 99 min; Colorido; Censura 12; Drama.

Trama resumida: Laura é uma moça libertina que se entrega a todos os homens, sem no entanto demonstrar interesse por nenhum. Porém ao conhecer um professor, mais velho do que ela, e que também leva uma vida livre, ambos se envolvem. Versão brasileira do filme: “O anjo azul”.

7 comentários:

Sergio Andrade disse...

Querida Andréa, muito grato pela divulgação!
Te aguardo aqui em Sampa :)
Beijos!

Jorge disse...

PARABÉNS aos organizadores do evento por essa excelente iniciativa. Estarei lá sem falta e divulgarei!

Em tempo, essa biblioteca abriga o fascinante acervo do ex-Prefeito Prestes Maia, um homem que revolucionou a cidade de São Paulo e que ficou conhecido como um político de competência e honestidade à toda prova (o que hoje em dia seria um verdadeiro milagre).

Matheus Trunk disse...

Mais genial que a idéia do amigo Sérgio Andrade de fazer uma mostra é dos amigos de a divulgarem. Isso aí Andrea, eu, você, Aguilar, Carrard estaremos mais uma vez nessa pra ajudar a divulgar o cinema brasileiro ! Te aguardo em Sampa ! Bjos, Matheus.

Matheus Trunk disse...

Andrea e amigos: Oi : já está no ar a edição de março da revista eletrônica Zingu! (www.revistazingu.blogspot.com) com dossiê Ozualdo Candeias com análise de 8 filmes; subgêneros obscuros com filmes de vampiras lésbicas; clássicos de prestígio com Tarde Demais Para Esquecer; especial in memorian de Carlos Coimbra; cantinho do Aguilar com teatro, cinema e futebol; musas eternas com Cláudia Ohana; entrevista Wilson Grey por outros; Coluna Cinema Extremo com A Ilha; o que a crítica Sabe com Independência ou Morte; ruído com Marvin Gaye; Coluna Estranho Encontro com Muito Prazer; anti-musas nas premiações; cantoras com Nalva Aguiar.
Não perca tempo ! Defenda o cinema paulista e leia a Zingu !

Andréa Ormond disse...

Sergio, Jorge, Matheus, nos vemos neste sábado. A iniciativa do Sergio e do Vinícius é realmente fantástica, os méritos vão todos para eles :) Beijos a todos!

E mais um número da Zingu, já estou aguardando o próximo, Matheus!

Leonardo Mecchi disse...

Parabéns a todos pela excelente iniciativa e boa sorte no evento. Que ele seja o primeiro de muitos. Tomei a liberdade de divulgá-lo na Cinética, na seção "Na Agenda". Tentarei passar por lá um sábado desses...

Andréa Ormond disse...

Obrigada pela divulgação, Leonardo. Esperamos vc por lá :)